23/05/2018 às 21:33 - Atualizado em 24/05/2018 às 11:33

Sindhotéis completa 43 anos em defesa do Destino Iguaçu

Presidente do Sindhotéis Foz, Neuso Rafagnin; vice-presidente. Camilo Rorato; e vice-prefeito, Nilton Bobato.
Presidente do Sindhotéis Foz, Neuso Rafagnin; vice-presidente. Camilo Rorato; e vice-prefeito, Nilton Bobato.

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região completou 43 anos no último sábado (19.05). A data foi marcada por uma confraternização entre associados e convidados na sexta-feira (18.05) na sede do Sindhotéis, localizada no Jardim Central.

No evento, o presidente do sindicato, Neuso Morello Rafagnin, apresentou um resumo das ações realizadas neste início de mandato. Desde 1º de fevereiro, quando tomou posse, a diretoria tem realizado uma série de atividades em prol do desenvolvimento do turismo, sobretudo dos meios de hospedagem e de gastronomia.

“Nesse começo de gestão, temos priorizado nossas ações em frentes como infraestrutura de Foz, defesa do setor, capacitação e atendimento ao associado”, afirma Rafagnin. “Precisamos urgentemente resolver gargalos nos acessos ao Destino Iguaçu, como BR-277, aeroporto e fronteiras com Paraguai e Argentina”, completa.

RESUMO DAS AÇÕES

Licença Ambiental – Após reivindicação da entidade, o prefeito Chico Brasileiro prometeu acelerar a emissão de licenças ambientais. A prefeitura criará uma força-tarefa com servidores municipais e representantes de instituições parceiras. O objetivo é dar resposta aos empreendimentos que dependem da licença para funcionar.

Informais – O Sindhotéis reivindicou a formalização de hotéis, pousadas e hostels irregulares. É necessário incluir esses estabelecimentos na base de arrecadação do município, bem como nas normas de segurança e sanitárias. Ainda nesse sentido, destaque para a comissão formada pelo poder público e iniciativa privada a fim de elaborar uma proposta para a operação de leitos estilo Airbnb na cidade.

Eventos – A simplificação da concessão da licença de localização e funcionamento para a realização de eventos no município é uma bandeira antiga da entidade. Após debater os entraves do setor com representantes do turismo, o Sindhotéis está ouvindo seus associados para fundamentar a proposta que modificará a legislação municipal.

Comunidade – O Sindhotéis iniciou três importantes projetos que beneficiarão a comunidade. Um deles é a capacitação de egressos do Trilha do Jovem, da Guarda Mirim e do CAIA (Centro de Atenção Integral ao Adolescente) para trabalhar em hospitalidade e gastronomia. A entidade também está construindo propostas para promover a cultura do turismo nas escolas e fortalecer o turismo rodoviário.

Representatividade – Para efetivar as ações em andamento, a diretoria e equipe técnica têm intensificado ainda a participação em diferentes espaços municipais, estaduais e nacionais de representação do setor. Com esse objetivo, Neuso Rafagnin foi eleito, em abril, diretor da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação. “É o reconhecimento nacional do Destino Iguaçu”, ressalta o presidente do Sindhotéis.

Centro de Capacitação – Estão avançadas as negociações entre o Sindhotéis e o IGA (Instituto Gastronômico das Américas) para a instalação de uma escola de gastronomia no Centro de Capacitação. O objetivo é oferecer cursos de curta e longa duração, seminários, workshops, entre outras atividades de qualificação. A entidade também mantém conversas com instituições locais de profissionalização e formação.

Setorizado – Uma das plataformas da diretoria do sindicato é criar grupos setoriais com afinidade comercial para discutir assuntos impactantes nos estabelecimentos. Neste sentido já ocorreram duas reuniões com empresários e gestores: um do setor de motéis e outra dos hotéis categorizados como convention e resorts. Em breve será convocada a reunião dos estabelecimentos gastronômicos.

Benefícios – Por fim, o Sindhotéis está atualizando os produtos e serviços oferecidos aos associados. A entidade oferece inúmeras vantagens nas mais diversas áreas. São parcerias que visam a colaborar para o desenvolvimento do turismo, qualificando gestores e colaboradores de hotéis, restaurantes, bares e similares, sempre em busca do fortalecimento do setor.