30/01/2019 às 16:08

MTur destaca os melhores projetos de qualificação e formalização no turismo

Das 19 propostas concorrentes ao 1º Prêmio Nacional de Turismo na categoria Qualificação e Formalização no Turismo, o Projeto Verena, do Senac-RN, obteve a melhor avaliação da comissão julgadora.

A iniciativa se destacou por realizar um intercâmbio entre o Rio Grande do Norte e a Renânia-Palatinado, uma das regiões mais desenvolvidas da Alemanha, contribuindo para a implementação de tecnologias e processos inovadores voltados à qualificação de trabalhadores.

Outro projeto premiado na categoria foi o Programa de Integração com os Municípios da Setur/TurisRio. Prestando apoio e assessoria técnica, a parceria com os gestores e técnicos municipais de turismo do Rio de Janeiro serviu para estabelecer um intercâmbio dinâmico e efetivo com os municípios. A ação é dividida entre a realização dos Fóruns Regionais de Fortalecimento do Turismo do Estado do Rio de Janeiro, a distribuição do Manual dos Secretários e dos Dirigentes Municipais de Turismo e o oferecimento dos Estágios de Familiarização.

O terceiro lugar ficou com o Jogo dos Biomas Gastronômicos desenvolvido pelo Campus Riacho Fundo I do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB). O objetivo principal do projeto é facilitar o processo de ensino-aprendizagem por meio de uma ferramenta pedagógica lúdica e interativa. Utilizando um tabuleiro de lona com projeto gráfico lúdico de tamanho 4mx4m, os alunos respondem a questões e viajam pelo mapa do Brasil recortado pelos seis biomas brasileiros.

Foi analisado um total de 241 projetos e ações e 21 iniciativas brasileiras de sete áreas tiveram reconhecimento por seu aspecto inovador. Com intuito de dar mais visibilidade a projetos similares, o Ministério do Turismo criou também um Banco de Boas Práticas para divulgar as dez iniciativas com melhor classificação, por categoria, no 1º Prêmio Nacional do Turismo. Confira no link: https://bit.ly/2WuDqlC.