24/05/2018 às 11:58

Ministério do Trabalho lança Sine Fácil Empregador

Nova ferramenta digital permite cadastrar vagas, selecionar candidatos e pesquisar currículos cadastrados, entre outras funções

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) lançou nesta quarta-feira (23.05), em Brasília, o Sine Fácil Empregador, uma nova ferramenta digital que permite ao empregador, entre outras funções, cadastrar vagas, selecionar candidatos, realizar entrevistas, pesquisar currículos cadastrados e informar sobre processos seletivos.

O lançamento aconteceu um ano depois do lançamento do Sine Fácil, aplicativo de busca de empregos que ganhou novas funcionalidades e agora oferece mais recursos para quem está a procurar de uma vaga no mercado de trabalho e na nova versão, oferece funcionalidades para o empregador também.

Durante a solenidade, na sede do MTE, o ministro do Trabalho, Helton Yomura fez um balanço das ações da pasta como o Programa Antifraude, criado em dezembro de 2016, que identifica irregularidades no recebimento do seguro-desemprego e já gerou uma economia de R$ 1 bilhão para os cofres públicos.

O Programa Escola do Trabalhador é outro recurso que já apresenta bons resultados, segundo Helton Yomura. Disponível na internet e acessível de qualquer lugar do país, a ferramenta já oferece 21 cursos profissionais e contará com 10 novos cursos a partir de junho. “Para o encaminhamento de trabalhadores ao mercado formal de trabalho, é importante a qualificação. Estamos investindo nesse modelo de ensino à distância totalmente gratuito, disponível para as pessoas em qualquer horário do dia, com a certificação de qualidade feita pela Universidade de Brasília (UnB), e os resultados têm nos deixado muito satisfeitos”, afirmou.

Quanto ao Sine Fácil, de acordo com o ministro, o aplicativo já foi procurado por cerca de 1,3 milhão de pessoas e já encaminhou 500 mil trabalhadores para entrevistas de emprego. “É um aplicativo que tem como princípios a simplicidade e  a usabilidade. No Sine Fácil Trabalhador, a gente tinha um cadastro que dependia da presença física nas agências do Sine. A gente viu que ao mudar essa lógica e fazer com que todo o processo fosse feito pela internet, houve um ganho muito grande no uso do aplicativo. Então o Sine Fácil Empregador já traz como funcionalidade a possibilidade da empresa fazer todo o cadastro completamente a partir do aplicativo”, explicou Helton Yomura.