06/11/2019 às 16:28 - Atualizado em 06/11/2019 às 16:34

FBHA participa de lançamento de projeto para fomentar Brasília como destino turístico

Flávio Resende / Proativa Comunicação

O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, participou nesta terça-feira (6), na sede da Fecomércio-DF, da cerimônia de lançamento do projeto “O Brasil Visita Brasília”, que dará a oportunidade a estudantes brasileiros de conhecerem a capital do Brasil por meio de parcerias realizadas com o trade turístico local para viabilizar pacotes com preços competitivos voltados para este público.

A parceria inédita foi firmada entre a Fecomércio-DF, Sesc, Senac e a empresa CVC.

Segundo Alexandre Sampaio, a iniciativa veio em boa hora, na medida em que Brasília tem se tornado, cada vez mais, um destino turístico procurado, não apenas por suas características político-administrativas. “Muitos destinos Brasil a fora merecem esta atenção e ficamos felizes em ver este movimento acontecer também na capital federal”, defendeu o presidente da FBHA em seu discurso.

Na prática, o projeto o prevê que, em 2020, quando Brasília completar 60 anos de existência, será ofertado aos alunos do ensino fundamental, médio e de graduação a oportunidade de realizarem uma excursão, com preço mais acessível (hoje, tabelado em R$ 990), para cidade. O pacote turístico comercializado será de sexta-feira a domingo, no período de baixa estação. Estarão inclusos serviços de transporte (aéreo e terrestre), hospedagem, e receptivo. O projeto terá duração até 2022, quando é comemorado o bicentenário da Independência do Brasil.

O presidente do Sistema Fecomércio-DF, Francisco Maia, explica que o projeto pretende estimular que 25 mil estudantes visitem a capital do país no período de três anos. “A previsão é promover um crescimento de 25% na ocupação hoteleira da capital federal. Vamos estimular o desenvolvimento local e fortalecer os segmentos de turismo e hospitalidade fazendo a roda da economia girar”, disse Francisco Maia.

O setor de turismo é o responsável por um em cada dez postos de trabalho. “O turismo movimenta a economia local, gerando emprego e renda para a cidade, pois envolve diversos segmentos do comércio e de serviços, como hotéis, restaurantes, agências de viagens, serviços e lazer, entre outros”, esclarece.