23/09/2020 às 13:53 - Atualizado em 23/09/2020 às 18:28

FBHA lança campanha que marca seu 65º aniversário

FBHA / Divulgação

Responsável por gerar emprego e renda de forma significativa para a população brasileira, o turismo e a alimentação fora do lar são considerados setores fundamentais para o nosso país.

Sabendo da relevância destes segmentos, a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) lança, neste mês, a campanha de aniversário de seis décadas e meia da entidade, com o slogan “65 anos de trabalho, inovação e representatividade!” para enaltecer a presença deste ramo, buscando o desenvolvimento econômico do Brasil.
 
Sabe-se que, em 2018, o setor de hospedagem foi responsável por gerar 8,1% do PIB do país e, além disso, possibilitou a criação de 6,9 milhões de postos de trabalho, equivalendo a 7,5% dos empregos do país. O ramo de alimentação fora do lar não ficou para trás. Conta com seis milhões de empregos em, aproximadamente, um milhão de negócios, correspondendo a 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil – o que corresponde a um faturamento médio anual de R$ 176 bilhões.

O turismo, gradativamente, se tornou essencial para a população e, hoje em dia, comer e viajar – atividades turísticas essenciais – se tornaram grandes prazeres capazes de proporcionar momentos únicos para as pessoas, tão desgastadas com o processo de quarentena. 

Em 2020, o setor sofreu um prejuízo significativo por conta da pandemia do coronavírus. Com as atividades paralisadas por meses, o segmento registrou o fechamento de inúmeros estabelecimentos devido à ausência de movimentação social, gerando um expressivo déficit nacional.  

“Nunca, em hipótese alguma, imaginamos que estaríamos passando por algo tão intenso e negativo para o nosso setor. Desde a chegada da Covid-19, tivemos que readaptar as nossas rotinas, mas, além disso, fomos obrigados, pelas condições da pandemia, a reinventar as nossas atuações. Não temos mais tempo de nos queixar do prejuízo econômico, porque, agora, é hora de trazer soluções. A inovação é fundamental nesta caminhada. Precisamos aprender coisas novas e, acima de tudo, readaptar o turismo para que continuemos movimentando renda, emprego e, claro, alegria para milhões de brasileiros. O aniversário da federação não podia ser diferente: nesses 65 anos de atividade, buscamos sempre modernizar. Neste ano, mais do que nunca, estamos entrando para o novo mundo”, explica Alexandre Sampaio, presidente da FBHA.

Na corrida pela inovação e modernização de processos, para atender às demandas do “novo normal”, as empresas dos setores de hospedagem e alimentação vão seguir ajudando o Brasil a sair da crise, mostrando que, com gestão eficiente e criatividade, é possível avançar.